Santuário Arquidiocesano

Catedral Cristo Rei

10h30
- Missa

Sábado - Terço Perpétuo

15h - Transmissão pelo Facebook da Catedral Cristo Rei

Você está em:

Dom Walmor preside Missa na celebração da Festa de Cristo Rei

Dom Walmor presidiu a Eucaristia na manhã do domingo, 22 de novembro, na celebração da Festa de Cristo, Rei do Universo. A Missa foi concelebrada pelo padre Ademir Ragazzi e pelo padre Alexandre Fernandes. O Arcebispo agradeceu ao padre Ademir a dedicação às comunidades de fé da Catedral Cristo Rei, durante os últimos anos, e desejou-lhe um ministério de muita fecundidade em sua nova missão na Paróquia Santos Anjos da Guarda. Dom Walmor dedicou agradecimentos ao padre Alexandre Fernandes pela importante ajuda na caminhada pela instituição da Reitoria da Catedral Cristo Rei e constatou: ” a Catedral Cristo Rei já existe, em construção, como Igreja mãe da Arquidiocese de Belo Horizonte”.

O Arcebispo também anunciou o início da celebração do Centenário da Arquidiocese de Belo Horizonte, a partir do dia 11 de fevereiro de 2021, e que prosseguirá até o dia 22 de fevereiro de 2022.

Ao final da Celebração, dom Walmor convidou todos a renovarem a consagração de suas vidas a Nossa Senhora da Piedade, após apresentar o protótipo da imagem da Padroeira de Minas, que ficará na entrada da Catedral Cristo Rei.

Padre Alexandre Fernandes partilhou com os fiéis ser devoto de Nossa Senhora da Piedade e discípulo do Cristo Rei. E recordando a passagem bíblica, no evangelho de São Mateus (Mt 25, 31-46)  “Quando foi senhor que te vimos com fome, com sede …”, sublinhou:

“A Igreja é Casa do Pão,  Casa da Palavra, Casa da Missão e  Casa da Caridade. E nós estamos aqui, nesta casa, a Catedral Cristo Rei, a casa de toda a Arquidiocese de Belo Horizonte, onde todas as comunidades devem passar e servir. Aqui nos unimos cada vez mais ao nosso pastor, pastor da nossa Arquidiocese, dom Walmor. Daqui é que ele dirige a nossa Arquidiocese. Especialmente nesta festa tão linda, a Festa de Cristo Rei estamos unidos a ele.  Obrigado dom Walmor pelo seu pastoreio, por nos conduzir, por conduzir a nossa Arquidiocese. Desta cátedra, é possível sentir o seu pastoreio, pastor de amor, como ouvimos nas leituras de hoje, que se preocupa com o seu povo”.

 

VEJA TAMBÉM