Santuário Arquidiocesano

Catedral Cristo Rei

08h
- Missa

10h30
- Missa
17h
- Missa
Você está em:

Celebração de São Lourenço: diáconos permanentes e esposas renovam promessas na Catedral Cristo Rei – 10 de agosto

Os diáconos permanentes da Arquidiocese de Belo Horizonte e suas esposas renovam as Promessas Diaconais durante Missa na Catedral Cristo Rei, no dia 10 de agosto, às 19h30. A celebração, em memória de São Lourenço – mártir, será presidida pelo arcebispo dom Walmor Oliveira de Azevedo. Presencialmente, participam da Missa os diáconos, suas famílias e os vocacionados ao diaconato permanente. Os demais fiéis são convidados a rezar de suas casas, acompanhando a transmissão pela TV Horizonte (canal 30, em sinal aberto) e rede social do diaconato permanente (clique aqui)


São Lourenço
 

São Lourenço nasceu na Espanha no ano 225. Era o primeiro dos sete diáconos a serviço da Igreja de Roma. Assistente do Papa nas celebrações, administrador da Igreja, também era responsável pelas construções dos cemitérios, igrejas e da manutenção das obras assistenciais destinadas ao amparo dos pobres, órfãos, viúvas e enfermos.

No ano 257, quando o imperador Valeriano ordenou a perseguição aos cristãos, São Lourenço distribuiu os seus bens aos pobres e protegeu os livros e objetos sagrados. Foi preso e morreu martirizado em 10 de agosto de 258, aos 33 anos, em Roma.

São Lourenço é padroeiro dos diáconos.

Diaconato permanente

A Arquidiocese de Belo Horizonte, na fidelidade a Jesus Cristo, investe na riqueza do ministério diaconal, entendendo, com alegria e esperança, que alguns discípulos missionários do Senhor são chamados a servir à Igreja como diáconos permanentes, fortalecidos pela dupla sacramentalidade – do Matrimônio e da Ordem. São ordenados para o serviço da Palavra, da caridade e da liturgia, especialmente para os sacramentos do Batismo e do Matrimônio; também para acompanhar a formação de novas comunidades eclesiais, especialmente nas fronteiras geográficas e culturais, onde ainda não chega a ação evangelizadora da Igreja.

Os diáconos permanentes evangelizam a partir de um testemunho evangélico e do impulso missionário, sendo apóstolos em suas famílias, em seus trabalhos, em suas comunidades e nas novas fronteiras da missão.

VEJA TAMBÉM