Santuário

Catedral Cristo Rei

10h30
- Missa

Sábado - Terço Perpétuo

15h - Transmissão pelo Facebook da Catedral Cristo Rei

Você está em:

Ação social da Catedral Cristo Rei leva refeições a famílias de comunidades pobres

O Programa “Dai-lhes vós mesmos de comer”, ação social da Catedral Cristo Rei, distribuiu, nesta sexta-feira, dia 19 de fevereiro,  refeições a famílias que sofrem com o agravamento das  condições  socioeconômicas em consequência da pandemia. A iniciativa dá continuidade à ação inaugurada no último dia 12, quando dom Walmor acolheu famílias das Comunidades Rosa Leão e Vitória para a partilha de um almoço, na Catedral Cristo Rei. Essas famílias representaram muitas outras que, ao mesmo tempo, receberam refeições nas comunidades onde vivem.

O Programa “Dai-lhe vós mesmos de comer” prepara e oferece refeições a famílias que enfrentam a fome. Um importante serviço que começa a ser realizado a partir do dia 12 de fevereiro. A cada sexta-feira, refeições serão preparadas no Convivium Cristo Rei, um dos ambientes da Catedral Cristo Rei, e destinadas aos que sofrem com a extrema pobreza.

Fiel à sua missão de ser lugar de amparo aos que precisam de ajuda, a Catedral Cristo Rei está sendo edificada para servir as muitas comunidades, principalmente as pessoas que mais sofrem, inspirando ações de solidariedade, envolvendo a rede de comunidades da Arquidiocese de Belo Horizonte.

O milagre da multiplicação

O Arcebispo explica que a iniciativa foi inspirada na passagem bíblica “Dai-lhes vós mesmos de comer”, quando Jesus realizou o milagre da multiplicação dos pães e peixes. “Nós temos o compromisso com os que passam fome e com as famílias em carência alimentar. A pandemia explicitou ainda mais as desigualdades sociais e aumentou o número de pessoas com fome. O objetivo é identificar os mais necessitados para que possamos ampará-los a partir da Catedral Cristo Rei – Igreja-Mãe”, afirma.

Padre Júlio Amaral, Vigário Episcopal para Ação Social, Política e Ambiental da Arquidiocese de Belo Horizonte, afirma que o Projeto pretende evitar o desperdício, incentivando empresas a realizarem doações de alimentos de boa qualidade, e ajudar no combate à fome. “Esperamos que o Projeto faça a diferença na vida das pessoas, de modo especial na vida dos mais pobres”, explica.

 

 

 

VEJA TAMBÉM