Caso não visualize este documento clique aqui
Número 1 | 22 de maio 2013
Catedral Cristo Rei em construção
Especialmente para mostrar a evolução das obras da Catedral Cristo Rei, a Arquidiocese de Belo Horizonte apresenta o Catedral Cristo Rei em Construção. Distribuído via e-mail, e com edições mensais, o Catedral Cristo Rei em Construção pretende manter bem informados todos os que participam da caminhada rumo à edificação desta igreja-mãe, lugar para a vivência da fé e da caridade.

Concluídos os estudos da metodologia de construção da Catedral Cristo Rei

O estudo técnico sobre a metodologia que será adotada na construção da Catedral Cristo Rei foi concluído e apresentado neste mês de maio. O trabalho detalha como a Catedral deverá ser construída. Após a edificação dos três pavimentos que formarão uma grande praça, será erguida a cúpula, que servirá de base para as obras de construção do pórtico de 100 metros de altura. Esse pórtico, que contempla as duas torres, será concretado com a ajuda de uma grua e os operários trabalharão em plataformas que serão montadas acima da cúpula. Projeta-se que a cada semana seja construído 1,5 metro do pórtico. Desenvolvido pelos engenheiros e arquitetos da Mendes Júnior, o trabalho também apresenta um cronograma para a construção da Catedral. De acordo com os cálculos e projeções, se não houver interrupções nas obras, a Catedral Cristo Rei ficará pronta em quatro anos e meio.

O projeto da Catedral Cristo Rei é único no mundo e exige-se para sua execução uma metodologia própria e inédita. Para definir como a Catedral será construída, o grupo de arquitetos e engenheiros responsáveis pela obra se reuniu diversas vezes ao longo do último ano. Participaram das reuniões os especialistas da Arquidiocese de Belo Horizonte, da Construtora Mendes Júnior e do Escritório Oscar Niemeyer. O grupo trabalhou também em interface com outros profissionais da engenharia e arquitetura.


Licenciamento para a primeira fase está aprovado

A Arquidiocese de Belo Horizonte já conseguiu junto à Prefeitura Municipal de Belo Horizonte o licenciamento necessário para executar toda a primeira fase de obras da Catedral Cristo Rei: terraplanagem e contenções. Os licenciamentos obtidos garantem o avanço das obras ao longo de um ano. Agora, a Arquidiocese aguarda a aprovação completa do projeto arquitetônico da Catedral, que depende de uma definição da própria prefeitura sobre as intervenções urbanas que serão realizadas no Vetor Norte. Essas intervenções objetivam melhorar, sobretudo, o trânsito na região da Av. Cristiano Machado e devem ser concluídas até a Copa do Mundo de 2014.


Terminam os trabalhos de sondagem do terreno

A Progeo terminou no início de maio os trabalhos de sondagem do terreno da Catedral Cristo Rei. Trata-se de um estudo minucioso do solo, necessário para planejar as fundações da Catedral - estrutura que vai sustentar toda a edificação. A Progeo, empresa mineira que é referência em todo o Brasil nesse tipo de trabalho, ofereceu sua competência técnica e profissional como doação em benefício da Catedral Cristo Rei.

No dia 7 de abril, Domingo da Misericórdia, durante solenidade que marcou o início da construção da Catedral, os profissionais da empresa, representando todos os operários que trabalharão na obra, receberam bênção especial do arcebispo dom Walmor. Também participaram desse importante trabalho de estudo do solo no terreno da Catedral as empresas Enges e Sotel. A Enges, inclusive, doou 50% do valor de seu trabalho em benefício da obra.


Terreno recebe tapumes para segurança das obras
Neste mês de maio, tapumes estão sendo colocados no terreno da Catedral Cristo Rei. Quando os trabalhos estiverem concluídos, as pessoas que passarem pela Av. Cristiano Machado não poderão ver mais a parte interna do terreno. O isolamento é necessário para garantir a segurança durante a execução das obras. O acesso ao terreno será restrito aos operários, mas um pequeno espaço será reservado perto da Cruz de Cristo Rei para receber peregrinos.

Empresa mineira será responsável pela obra

A Construtora Mendes Junior será a responsável pela condução e administração das obras da Catedral Cristo Rei e quase todos os projetos estão sendo desenvolvidos pelos escritórios do Arquiteto Oscar Niemeyer, no Rio de Janeiro, mas, para executar os projetos de contenções, muros e terraplenagem, foi escolhida a empresa mineira Geomec, especializada em engenharia geotécnica e fundações. Esses projetos integram o cronograma da primeira fase de edificação da Catedral Cristo Rei e serão concluídos em junho. Os engenheiros e arquitetos que coordenam os trabalhos de edificação da Catedral definiram que a empresa mineira seria a mais indicada para o trabalho, pois conhece bem as características do solo de Belo Horizonte. A definição fundamenta-se também na prioridade estabelecida pela Arquidiocese de Belo Horizonte de se valorizar a competência das entidades e dos profissionais de Minas Gerais.

Nesta primeira fase, serão realizadas operações de terraplanagem e contenções. O objetivo é deixar o terreno nas condições topográficas ideais para a construção da Catedral Cristo Rei.

É importante lembrar que as obras de edificação da Catedral Cristo Rei serão divididas em seis fases. No final das três primeiras, a Catedral já poderá receber público para celebrações. A previsão é que essa primeira fase termine no próximo ano.


Compartilhe essas notícias.
Imprima e divulgue na sua paróquia.


Ir para o site da Catedral Cristo Rei Ir para o site da Arquidiocese BH Ir para o site da Arquidiocese de BH